Quarta-feira, 19 de Março de 2008

veja os dias do resto da semana

20 de março,quinta-feira


Dia do Demolay (Maçonaria)


Em 1376, a Santa Arte e Associação dos Pedreiros (The Hole Craft and Fellowship of Masons), corporação de pedreiros de Londres, a qual fora fundada em 1220, passava a se denominar Companhia dos Franco-Maçons. E cerca de vinte anos depois, entre 1390 e 1400, era produzido aquele que é considerado o mais antigo documento histórico da Maçonaria, o qual ficou conhecido como Poema Regius, ou Documento Halliwell, título tirado do nome de James Halliwell, um antiquário que o descobriu no Museu Britânico.

O Poema Regius é um pergaminho em forma de livro, que tem, como introdução, a frase Hic Incipiunt Constitutiones Artis Geometriae Secundum Euclides (Aqui se iniciam as Constituições da Arte da Geometria segundo Euclides), e foi descoberto em 1839, na Biblioteca Régia do Museu Britânico, sendo publicado, em 1840, em The Early History of Freemansonry in England, by James Orchard Halliwell. Composto de 794 versos, seu autor (desconhecido) demonstra ter conhecimento de diversos documentos relativos à sociedade dos franco-maçons. Em suma, ele é uma compilação dos regulamentos dos canteiros e foi escrito em versos, para que os obreiros o assimilassem com mais facilidade.

Existem trabalhos maçônicos que são descartáveis, porque, destituídos de utilidade prática, são fantasistas e sem compromisso com a realidade. Existem, outros, que, ao contrário, são fundamentais para o conhecimento da verdade histórica, documental e apoiada por sólida pesquisa bibliográfica. Aqueles, como ervas daninhas, vegetam na obscuridade e não deixam rastros e nem saudades; estes, ao contrário, como os sólidos patriarcas das brenhas, são duradouros e úteis a muitas gerações dos que se recolhem à sua sombra.

De um Antigo e Famoso Documento da Maçonaria Operativa, de Ricardo S.R. Nascimento, enquadra-se na segunda categoria. Analisando o Poema Regius e toda a vasta literatura já produzida em torno dele, com espírito crítico e critério lógico, coloca, o autor, à disposição da parcela pensante da comunidade maçônica brasileira, uma obra relevante e basilar para quem queira se iniciar no conhecimento das origens institucionais da Maçonaria, ou para quem queira se aperfeiçoar num terreno ainda pouco trilhado e, por isso mesmo, ainda sujeito a mutações e interpretações muitas vezes conflitantes.

 

 

________________________*****________________________

 

 

21 de março,sexta-feira

 

 

Dia Mundial do Teatro

 


 

Isso tudo era teatro, mas ainda não era um espetáculo. Muito provavelmente, o espetáculo de teatro só foi aparecer quando os rituais entraram em cena! Quem vai assistir a essas peças engraçadas e debochadas hoje em dia talvez nem imagine que o teatro, há muito tempo, era sagrado. É isso mesmo! As pessoas acreditavam que por meio de rituais (encenações) era possível invocar deuses e forças da natureza para fazer chover, tornar a terra mais fértil e as caças mais fáceis, ou deixar os desastres naturais bem longe de sua comunidade. Estes rituais envolviam cantos, danças e encenações de histórias dos deuses, que assim deveriam ficar felizes com a homenagem e ser bonzinhos com os homens.

Ainda hoje, muitas espécies de teatro, especialmente no Oriente, ainda são ligados ao sagrado, e encenam histórias de deuses há milênios... Mas aqui no Ocidente, um tipo bem especial de teatro surgiu a partir destes rituais: o Teatro Grego. Muitos deuses eram cultuados na Grécia, há muito tempo, cerca de cinco séculos antes de Cristo. Eram deuses parecidos com os homens, que tinham vontades e humores, e eram ligados com os elementos da Natureza e da vida. E um deus muito especial era Dioniso, ou Baco.

Dioniso era o deus do vinho, do entusiasmo, da fertilidade e do teatro. Em sua homenagem, eram feitas grandes festas, em que as pessoas cantavam e narravam em coros uma poesia chamada ditirambo. Tinha até concurso de ditirambo! Dos ditirambos nasceu outra festa para homenagear Dioniso, as Dionísias Urbanas. Foi nas Dionísias que surgiu o primeiro traço do teatro como conhecemos hoje: um dos atores do coro se desligou e disse ser um deus, ou um herói, e não ele mesmo, e assim começou a dialogar com o coro. Foi assim que surgiram os primeiros atores, e este foi o primeiro passo para as peças de teatro escritas. Então surgiram as famosas tragédias e comédias gregas.

As peças de teatro na Grécia antiga contavam histórias dos mitos gregos, onde os deuses eram muito importantes. Elas passaram a ser representadas em espaços especiais, que são parecidos com os teatros de hoje. Eram construções em forma de meia-lua, cavadas no chão, com bancos parecidos com arquibancadas, chamados teatros de arena. Um dos mais famosos está em pé até hoje, em Atenas, na Grécia, e se chama Epidaurus. Uma coisa curiosa nas encenações é que só os homens podiam atuar, já que as mulheres não eram consideradas cidadãs. Por isso, as peças gregas eram encenadas com grandes máscaras!

Existiam dois tipos de peças: as tragédias e as comédias. As tragédias eram histórias dramáticas, e mostravam homens que, por não aceitarem a vontade Divina, acabavam em maus bocados. Os autores de tragédia grega mais famosos foram Ésquilo, Sófocles e Eurípides. As comédias eram histórias engraçadas chamadas sátiras, que são gozações da vida. Um grande autor de comédia grega foi Aristófanes. Todos esses autores influenciaram muito o teatro que veio depois, e suas peças são encenadas até hoje. O teatro foi se desenvolvendo e ganhando muitas caras e formas, como o teatro mambembe...

Muitos anos depois, na Idade Média, lá por volta do século 12, apareceram na Europa companhias de teatro que ia de cidade em cidade. Este teatro já não tinha nada de religioso, e seus atores e atrizes, chamados de saltimbancos, literalmente carregavam a casa nas costas. E não só a casa: os cenários das peças, seus figurinos (as roupas usadas), maquiagem, etc. Eles andavam em carroças, sempre em bandos, chamados trupes, e não tinham morada certa. Eles também representavam peças engraçadas ou dramáticas, como os gregos. Hoje, esse teatro itinerante também é conhecido como teatro mambembe. Mas não pense que ficar de galho em galho era o sonho da vida dos saltimbancos! É que na época em que eles viviam, a Igreja era muito poderosa e implicante, e escolhia o que as pessoas podiam representar, de preferência textos cristãos. E os saltimbancos não queriam saber dessa prisão, pois o negócio deles era usar a criatividade e representar o que bem quisessem.

Perseguidos pela Igreja e sendo tratados como foras-da-lei, os saltimbancos começaram a usar máscaras, para não serem reconhecidos. Uma tradição que descende diretamente dos saltimbancos é o circo, que até hoje anda de cidade em cidade apresentando seus números. Muito tempo mais tarde, na Itália, surgiu a Commedia della Arte.

Com o Renascimento, três séculos depois, o teatro deixou de ser tão perseguido pela Igreja. As artes floresciam: pintura, arquitetura, música. O homem passou a ser o objeto de interesse dessas artes, e não mais os deuses (ou, no caso da Igreja católica, o Deus). Foi a época de artistas muito importantes, como Da Vinci (que pintou a Mona Lisa) e Michelângelo. Por essa época surgiram os teatros parecidos com os de hoje, casas com palco e platéia, e também a ópera, mistura de música com teatro.

A Itália foi o palco de um gênero chamado commedia dellarte. Os atores da commedia dellarte eram muito versáteis (faziam de tudo): cantavam, dançavam, representavam, faziam malabarismos... Tudo para agradar seu público. Eles também formavam trupes que iam de cidade em cidade, e nunca decoravam nada, sempre improvisavam as peças. Esses atores faziam sempre os mesmos papéis, tão famosos que você já deve ter ouvido falar neles: Polichinelo, Arlequim, Colombina, Pantaleão... Cada papel tinha uma máscara, que cobria só a parte de cima do rosto. Ainda hoje, podemos ver peças inspiradas nesses personagens maravilhosos. No Brasil, eles viraram até tema de carnaval.

E por falar em maravilha, você sabe quem é o autor da famosa frase ser ou não ser, eis a questão? Essa frase tão famosa todo mundo conhece, mas será que todo mundo sabe quem a escreveu? Pois foi um dos maiores mestres que o teatro já conheceu, o bardo (poeta) William Shakespeare. Shakespeare nasceu em 1564, na Inglaterra, na cidade de Stratford-upon-Avon, e foi um apaixonado pelo teatro. Escreveu muitas peças e ficou muito conhecido, tendo inclusive a honra de apresentar suas obras nos palácios dos reis, coisa que não era para qualquer um.

Ele também construiu um teatro, que está de pé em Londres até hoje, chamado Globe Theatre, em forma de globo (daí o nome). Mas ficou famoso mesmo por suas peças, imortais, que retratavam os tipos humanos como nunca nenhum autor conseguiu fazer depois dele. Algumas de suas peças mais conhecidas são Romeu e Julieta, Hamlet e Sonho de uma Noite de Verão. Aliás, a frase tão famosa lá de cima é da peça Hamlet... Depois de Shakespeare, o teatro nunca mais seria o mesmo.

 

 

______________________*****__________________________

 

 

22 de março,sábado

 

Dia Mundial da Água

 

No entanto, essa água está mal distribuída: 70% das águas doces do Brasil estão na Amazônia, onde vivem apenas 7% da população. Essa distribuição irregular deixa apenas 3% de água para o Nordeste. Essa é a causa do problema de escassez de água verificado em alguns pontos do país. Em Pernambuco existem apenas 1.320 litros de água por ano por habitante e no Distrito Federal essa média é de 1.700 litros, quando o recomendado são 2.000 litros. Mas, ainda assim, não se chega nem próximo à situação de países como Egito, África do Sul, Síria, Jordânia, Israel, Líbano, Haiti, Turquia, Paquistão, Iraque e Índia, onde os problemas com recursos hídricos já chegam a níveis críticos.

Em todo o mundo, domina uma cultura de desperdício de água, pois ainda se acredita que ela é um recurso natural ilimitado. O que se deve saber é que apesar de haver 1,3 milhão de km\3 livre na Terra, segundo dados do Ministério Público Federal, nem sequer 1% desse total pode ser economicamente utilizado, sendo que 97% dessa água se encontra em áreas subterrâneas, formando os aqüíferos, ainda inacessíveis pelas tecnologias existentes. Políticas públicas e um melhor gerenciamento dos recursos hídricos em todos os países tornam-se hoje essenciais para a manutenção da qualidade de vida dos povos, de acordo com Sanderson Leitão, especialista em recursos hídricos e coordenador de projetos de reuso de água.

Para ele, a situação da água no Brasil está longe de se tornar crítica. No entanto, se o problema de escassez já existente em algumas regiões não for resolvido, ele se tornará um entrave à continuidade do desenvolvimento do país, resultando em problemas sociais, de saúde, entre outros. Leitão afirma, ainda, que o país está tomando medidas concretas para impedir esse futuro, entre elas a criação da Agência Nacional de Águas, a sobreposição do rio São Francisco, adoção de técnicas de reuso de água e construção de infra-estrutura de saneamento, já que hoje 90% do esgoto produzido no país é despejado em rios, lagos e mares sem nenhum tratamento.

Dessa forma, a situação da água no Brasil poderá se modificar: Temos condições e tecnologias para resolver os problemas de água que existem hoje no Brasil. Até para o Nordeste, o Brasil tem solução para o problema da seca, que poderá ser resolvido em 25 anos, diz o especialista. Segundo a Organização das Nações Unidas - ONU, 50% da taxa de doenças e morte nos países em desenvolvimento ocorrem por falta de água ou pela sua contaminação. Assim sendo, o rápido crescimento da população mundial e a crescente poluição, causado também pela industrialização, torna a água o recurso natural mais estratégico de qualquer país do mundo. Para cada 1.000 litros de água utilizados, outros 10 mil são poluídos.

Segundo a ONU, parece estar cada vez mais difícil se conseguir água para todos, principalmente nos países em desenvolvimento. Dados do International Water Management Institute - IWMI mostram que, no ano de 2025, 1.8 bilhão de pessoas de diversos países deverão viver em absoluta falta de água, o que equivale a mais de 30% da população mundial. Diante dessa constatação, cabe lembrar que a água limpa e acessível se constitui em um elemento indispensável para a vida humana e que, para se tê-la no futuro, é preciso protegê-la para evitar o futuro caótico previsto para a humanidade, quando homens de todos os continentes travarão guerras em busca de um elemento antes tão abundante: a água.


 

_____________________*****_____________________


 

23 de março,domingo

 

Dia Mundial da Meteorologia

 

Além de prever as condições do tempo, ele também possui outras atividades como elaboração de relatórios climáticos, pesquisas meteorológicas e laudos. Meteorologia é a área da física que estuda o clima, os fatores que o influenciam, a movimentação do ar e os mapas atmosféricos. Através de coletas periódicas de temperatura, vento e pressão atmosférica, o profissional utiliza o computador para processar os dados e modelos matemáticos para conseguir prever o tempo. Esses modelos, compostos de regras matemática e fórmulas físicas, são elaborados por pesquisadores matemáticos, físicos e meteorólogos. A partir daí serão construídos gráficos de acordo com a necessidade de cada usuário.

O turista, por exemplo, pode saber a velocidade e altura das ondas. O agricultor pode decidir por iniciar ou não uma plantação numa determinada região. A Meteorologia é a maior experiência científica do planeta. Ela mostra que para a atmosfera não existem fronteiras, diz Ana Lúcia Frony Macêdo, diretora técnica da empresa Climatempo. Prakki Satyamurty, pesquisador e chefe do laboratório de meteorologia e oceanografia do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), diz que na meteorologia existem dois lemas: A confiabilidade da previsão diminui proporcionalmente ao aumento do prazo da previsão e Quanto maior o prazo de previsão, menor será o detalhamento.

Isso quer dizer que é possível prever com detalhes o tempo para amanhã ou, no máximo, para daqui a cinco dias. Passou disso, as informações são superficiais, explica ele, que também é presidente da SBMET (Sociedade Brasileira de Meteorologia). Os profissionais de meteorologia são regulamentados pela Lei n.º 6.835, de 14 de outubro de 1980. A entidade que representa os profissionais da área é o CREA (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura)

Dentre as diversas especializações que abrangem a área de meteorologia, estão:

Climatologia: estudos climáticos baseados em dados passados e presentes.

Agrometeorologia: estudo das condições climáticas adequadas ao plantio e colheita.

Hidrometeorologia: previsão de chuva para cálculo de escoamento das águas, pesquisa de informações para a construção de barragens.

Meteorologia ambiental: estudo da poluição atmosférica.

Meteorologia aeronáutica: estudo do comportamento dos ventos para determinar as condições do tráfego aéreo.

Radiometeorologia: estudo das influências meteorológicas na área das telecomunicações.

Sensoriamento remoto: análise de imagens de satélites e radares para previsão de tempo.

Previsão do tempo: previsão das condições atmosféricas.

Biometeorologia: análise das formas de atuação do tempo no bem estar do ser humano.

Obs: Hoje é o Dia Mundial da Meteorologia e do Meteorologista, enquanto que no dia 3 desse mesmo mês, temos o Dia Nacional da Meteorologia e do Meteorologista.


publicado por flavio às 12:54
link do post | comentar | favorito
|
Tribal Wars, o jogo online gratuito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Outono

. VERÃO

. Festa das Rosas em vila f...

. FESTA DE NOSSA SENHORA DE...

. OVNIS

. Gavin degraw - follow thr...

. Juiz de Soajo

. Dia da mentira

. veja os dias do resto da ...

. destaques de hoje

. Veja o que mais se comemo...

. História sobre o pai

. video oficial

. Verdadeira Amizade

. PENSE BEM

. O que te faz feliz?

. Veja o que é Amor...

. Mc Cams - Para Sempre

. Tokio Hotel - Monsoon

. HOROSCOPO

. NATUREZA

. DER GRAND CAYON- THE GRAN...

. Tem algo lhê incomodando?...

. Aniversariantes de 2 març...

. SEU DIA

. CLARINHAS DE FÃO

. Imagens Engracadas

. O que significa Bodas de ...

. Glossário

. A origem da palavra "aniv...

. Que dia é hoje?

. DIA DE SÃO VALENTIM

EM QUE DIA COMEÇA O VERÃO?
10 DE JUNHO
20 DE JUNHO
5 DE JUNHO
20 DE JULHO
1 DE JUNHO
21 DE JUNHO
15 DE JUNHO
6 DE JUNHO
7 DE JUNHO
4 DE JULHO
10 DE JULHO
12 DE AGOSTO
9 DE MAIO
6 DE MAIO
19 DE JUNHO
2 DE JUNHO
29 DE JUNHO
26 DE JUNHO
23 DE JUNHO
18 DE AGOSTO
11 DE JUNHO
14 DE JUNHO
Votar
resultado parcial...

.HORAS

.favoritos

. DIA DA TERRA


Get your own Chat Box! Go Large!
blogs SAPO

.subscrever feeds